BMJ

ArcelorMittal quadruplica prejuízo no trimestre

By 6 de fevereiro de 2013No Comments

Por Tatiane Bortolozi | Valor, com Dow Jones Newswires

SÃO PAULO – A ArcelorMittal, a maior siderúrgica do mundo em volume e receita, quadruplicou o prejuízo no quarto trimestre, para US$ 3,99 bilhões. Em igual período de 2011, a empresa havia reportado perdas de US$ 1 bilhão.

Uma média de 17 financeiras consultadas pela FactSet projetava prejuízo líquido bem menor, de US$ 1,25 bilhão. A linha final do balanço reflete a recente desaceleração do consumo de aço na Europa, que tem atingido as siderúrgicas e levou ao encerramento de algumas operações.

No acumulado de 2012, o prejuízo líquido somou US$ 3,73 bilhões, ante um lucro líquido de US$ 2,26 bilhões nos 12 meses anteriores. Este foi o primeiro ano que a companhia fechou no vermelho desde a sua fundação, em 2006.

“[O ano] 2012 foi muito difícil para a indústria siderúrgica, particularmente na Europa, onde a demanda por aço recuou 8,8%”, disse Lakshimi Mittal, presidente-executivo da companhia, em nota que acompanha o balanço.

“Embora nós esperemos que os desafios continuem em 2013, em boa parte devido à fragilidade da economia europeia, temos visto recentemente alguns indicadores mais positivos, que combinados com as medidas que implantamos para fortalecer o negócio, devem sustentar uma melhoria da rentabilidade no negócio de aço neste ano.”

A receita líquida da ArcelorMittal no quarto trimestre recuou 14%, para US$ 19,31 bilhões, de US$ 22,45 bilhões em igual período de 2011.

O lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda, na sigla em inglês) caiu 22,8% entre outubro e dezembro, para US$ 1,32 bilhão. O indicador de desempenho operacional ficou em linha com uma média de projeções de 24 analistas, de US$ 1,3 bilhão.

Por sua vez, de janeiro a dezembro, a receita da companhia diminuiu 10,4%, para US$ 84,21 bilhões. O Ebitda caiu 30% e atingiu US$ 7,08 bilhões, de US$ 10,12 bilhões um ano antes.

Os embarques de aço somaram 83,8 milhões de toneladas em 2012, 2,3% abaixo do ano anterior. Já os envios de minério de ferro subiram 5,4%, para 54,4 milhões de toneladas.

Projeções

Em 2013, a empresa espera elevar entre 2% e 3% as vendas de aço, com margens ligeiramente maiores. O programa de otimização de ativos deve entregar os benefícios totais no segundo semestre, segundo a companhia.

A ArcelorMittal cortou a dívida em US$ 1,4 bilhão nos últimos três meses do ano passado, para US$ 21,8 bilhões. Neste ano, a expectativa é diminuir ainda mais as pendências financeiras.

A siderúrgica, com sede em Luxemburgo, projeta as despesas de capital em US$ 3,5 bilhões em 2013.

Leia mais em: http://www.valor.com.br/empresas/2997256/arcelormittal-quadruplica-prejuizo-no-trimestre#ixzz2K7Zsg2Sr

Leave a Reply