Podcasts BMJ

Coronavírus, Bolsonaro, Medidas Econômicas e Votação Remota

Coronavírus, Bolsonaro, Medidas Econômicas e Votação Remota

A primeira semana de abril ficou marcada por vários eventos políticos e de âmbito mundial, a maioria em decorrência da pandemia mundial. Na quinta-feira (2), a universidade norte-americana Johns Hopkins divulgou um levantamento sobre os casos de COVID-19 no mundo contabilizando mais de 1 milhão de infectados. O que esses dados refletem no Brasil?
Neste episódio, Lucas Fernandes, apresentador e analista político, recebe nosso CEO, Wagner Parente, e nossos consultores, Gabriela Santana e Mauro Cazzaniga. No bate-papo, nossos especialistas falam sobre os principais assuntos da semana, incluindo o andamento das medidas econômicas para o enfrentamento ao coronavírus, como o “coronavoucher” e a Medida Provisória 927/2020, que dá diretrizes sobre as medidas trabalhistas que poderão ser adotadas pelos empregadores durante o período de calamidade pública, reconhecido por decreto no dia 20 de março. Ainda, nossos especialistas comentam o pronunciamento nacional do presidente Jair Bolsonaro desta semana, em que se percebeu uma mudança no discurso. Entretanto, o discurso entra em contradição com a prática. Em suas redes sociais, o presidente continua a compartilhar conteúdos que colocam em xeque as medidas de quarentena e seus efeitos econômicos. Também são comentadas as mudanças nas atividades parlamentares e nas votações das proposições, em decorrência da votação remota, os efeitos do último discurso do presidente e como o isolamento político pode afetar seu mandato.

Coronavírus, Orçamento de Guerra, Cenário Econômico e Relações Políticas

Coronavírus, Orçamento de Guerra, Cenário Econômico e Relações Políticas

Com a economia instável, a população brasileira se divide em seguir a vida normalmente ou aderir a uma quarentena mundial. Enquanto isso, a preocupação de muitos, principalmente do Presidente Jair Bolsonaro, é como a queda no fluxo de compras pode afetar a mercado e os pequenos empreendedores brasileiros. Para comentar este episódio, nosso analista político e consultor, Lucas Fernandes, recebe a especialista em orçamento fiscal e sócia da Advocacy Consultoria, Anna Lopes, e nosso consultor, Gabriel Borges. Na conversa, os convidados falaram sobre o “Orçamento de Guerra”, nome dado a uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) discutida no Congresso Nacional. O documento traz um conjunto de medidas econômicas emergenciais para a crise que o coronavírus começa a instaurar no Brasil e no mundo. Dentre as medidas, discute-se um empréstimo compulsório ao Governo de cerca de R$ 80 bilhões. Em relação às atividades parlamentares, o Senado e a Câmara começam a se adaptar às votações remotas para prosseguir com as pautas mais urgentes. Após anúncio presidencial na noite desta terça-feira (24), Bolsonaro enfrenta um isolamento político. Falta diálogo para a construção de medidas efetivas e sobra desentendimentos com os governadores dos estados, cenário que pode tornar a crise do coronavírus um divisor de relações políticas.

Coronavírus, Congresso Nacional, Economia e China

Coronavírus, Congresso Nacional, Economia e China

A primeira semana de quarentena do coronavírus, foi marcada pelo aumento de casos no país e o início de uma crise econômica. Neste episódio, nosso apresentador e analista político, Lucas Fernandes, recebe nosso sócio-fundador, Welber Barral, e nosso CEO, Wagner Parente, para comentarem o cenário político brasileiro com o avanço do COVID-19. Ainda, contamos com a participação da Gerente de Assuntos Externos da Unilever, Juliana Marra, e a Head de Advocay da Endeavor, Renata Mendes, contando de que forma as empresas estão agindo nesse período de pandemia do coronavírus. Enquanto o presidente Bolsonaro participava das manifestações do dia 15 de março, o Ministério da Saúde recomendava que a população evitasse aglomerações. Dentro do Congresso, vários parlamentares são confirmados com o vírus e as Casas (Câmara e Senado) começam a se preparar para mudanças nas atividades e funcionamento. A solução seria o uso do Sistema de Deliberação Remota (SDR), que permite debates entre os parlamentares com vídeo e áudio, e pode ser acessado pelo computador ou smartphone conectado à internet. Na economia, o Ministro Paulo Guedes se movimenta para anunciar medidas de contenção à crise causada pelo coronavírus. Na China, começam a surgir os primeiros sinais de superação. Na outra ponta, Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) dá declarações polêmicas em sua conta do Twitter e coloca as relações entre os países em maus lençóis.

Coronavírus, Circuit Breaker, Reformas e Eleições 2020

Coronavírus, Circuit Breaker, Reformas e Eleições 2020

Com a chegada do coronavírus no Brasil e o crescente número de casos, o Governo e a economia começam a sentir primeiros os impactos e efeitos da pandemia. Para comentar este panorama, nosso apresentador e consultor, Lucas Fernandes, recebe o nosso CEO Wagner Parente e nossos especialistas Monica Rodriguez e Dhiogo Pascarelli. A segunda semana de março se iniciou com a bolsa de valores tendo quedas que superaram 12% e os noticiários relatando mais e mais casos confirmados do Covid-19 no Brasil. O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, participou de uma sessão na Câmara dos Deputados, na tarde da última quinta-feira (12), para dar as primeiras orientações. No mesmo dia, o Secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, testou positivo para coronavírus após retornar de comitiva presidencial que visitou Donald Trump, nos EUA. Uma das preocupações é como o Governo Federal conseguirá alinhar medidas de combate com governadores estaduais, já que, até então, o presidente Bolsonaro não se mostrou atento à questão e deixando Mandetta sem força para articulações mais amplas. Além disso, os parlamentares pressionam para que as atividades no Congresso sejam pausadas até que a situação esteja mais controlada. Os efeitos da redução de importação e exportação com a China também poderão ser sentidos pelo consumidor final. Nossos especialistas explicam como a pouca chegada de produtos e a menor saída para venda podem afetar os setores de Bens de Consumo e Serviços. Com este cenário, as Reformas Tributária e Administrativa tendem a não ser prioridades, já que 2020 é ano de eleições municipais.https://bmj.com.br/wp-content/uploads/podcast/BMJ_corona_virus_53.mp3

BMJ Entrevista – Neri Geller

BMJ Entrevista – Neri Geller

Nesse episódio do BMJ Entrevista, nosso apresentador e analista político, Lucas Fernandes, acompanhado por nosso consultor especialista em Agronegócios, Matheus Andrade, entrevistam o deputado federal, Neri Geller (PP-MT), ex-ministro da Agricultura e Pecuária e ex-Secretário de Política Agrícola do Órgão e atual titular da Comissão de Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR- SUB). Um dos assuntos abordados no bate-papo foi a MP 897/2019, que recentemente foi aprovada pelo Senado Federal e aguarda sanção presidencial. Nosso convidado falou sobre as vantagens e melhorias que a medida trará para o produtor agrícola e para a agro industrialização do setor rural no país. Entre outros assuntos, também foram comentadas as melhorias feitas na BR-163 e como ela auxiliará no escoamento da safra no eixo arco norte, região brasileira de grande potencial logístico portuário, que liga os estados de Roraima, Amapá, Amazonas, Pará e Maranhão. Ainda, destacou as expectativas para o setor após a retirada do Funrural das exportações da Reforma da Previdência, assim como os esforços da Comissão para barrar qualquer tipo de tributação em exportações dentro da Reforma Tributária. Neri Geller também analisou o atual cenário político e as recentes manifestações on-line.

PSL, Orçamento Impositivo, Reforma Tributária e Super Tuesday

PSL, Orçamento Impositivo, Reforma Tributária e Super Tuesday

Em homenagem ao Dia das Mulheres, a BMJ preparou um episódio especial para celebrar a data. Com uma bancada 100% feminina, o programa contou com a apresentação da nossa consultora Mariana Lyrio e a participação das nossas especialistas Fernanda César, Gabriela Rosa e Verônica Prates. Na última quarta-feira (4), Rodrigo Maia acatou o pedido da ala bivarista do PSL, e suspendeu, por um ano, as atividades de deputados ligados ao Presidente Bolsonaro. Com isso, algumas mudanças são esperadas para os próximos dias. A deputada Joice Hasselmann (PSL/SP) deve substituir Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) da liderança do PSL, e o deputado Major Vitor Hugo (PSL/GO) deve deixar o cargo de líder do governo na Câmara. O Congresso Nacional decidiu manter o veto presidencial ao orçamento impositivo em sessão conjunta no dia 4 de março. Após o acordo inicial para derrubar o veto ser quebrado, o governo enviou três projetos de lei ao Congresso modificando o Orçamento, propondo R$ 20 bilhões em emendas do relator. Assim, um novo acordo foi firmado, mantendo o veto. Também na quarta-feira (4), ocorreu a primeira sessão da Comissão Mista da Reforma Tributária. O relator, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP/PB), apresentou o plano de trabalho da Comissão. A aprovação da Reforma em ambas as casas até o final do ano é improvável. Saindo do cenário nacional e abordando as eleições americanas, no dia 3 de março aconteceu a Super Tuesday, em que 14 estados americanos decidem qual o candidato democrata que irá enfrentar Donald Trump nas eleições para a presidência dos Estados Unidos. Ainda que nem todos os votos tenham sido validados até o fechamento desse episódio, o vice-presidente de Barack Obama, Joe Biden, lidera a votação, seguido por Bernie Sanders.

Episódios

Coronavírus, Bolsonaro, Medidas Econômicas e Votação Remota

Coronavírus, Bolsonaro, Medidas Econômicas e Votação Remota

A primeira semana de abril ficou marcada por vários eventos políticos e de âmbito mundial, a maioria em decorrência da pandemia mundial. Na quinta-feira (2), a universidade norte-americana Johns Hopkins divulgou um levantamento sobre os casos de COVID-19 no mundo contabilizando mais de 1 milhão de infectados. O que esses dados refletem no Brasil?
Neste episódio, Lucas Fernandes, apresentador e analista político, recebe nosso CEO, Wagner Parente, e nossos consultores, Gabriela Santana e Mauro Cazzaniga. No bate-papo, nossos especialistas falam sobre os principais assuntos da semana, incluindo o andamento das medidas econômicas para o enfrentamento ao coronavírus, como o “coronavoucher” e a Medida Provisória 927/2020, que dá diretrizes sobre as medidas trabalhistas que poderão ser adotadas pelos empregadores durante o período de calamidade pública, reconhecido por decreto no dia 20 de março. Ainda, nossos especialistas comentam o pronunciamento nacional do presidente Jair Bolsonaro desta semana, em que se percebeu uma mudança no discurso. Entretanto, o discurso entra em contradição com a prática. Em suas redes sociais, o presidente continua a compartilhar conteúdos que colocam em xeque as medidas de quarentena e seus efeitos econômicos. Também são comentadas as mudanças nas atividades parlamentares e nas votações das proposições, em decorrência da votação remota, os efeitos do último discurso do presidente e como o isolamento político pode afetar seu mandato.

Coronavírus, Orçamento de Guerra, Cenário Econômico e Relações Políticas

Coronavírus, Orçamento de Guerra, Cenário Econômico e Relações Políticas

Com a economia instável, a população brasileira se divide em seguir a vida normalmente ou aderir a uma quarentena mundial. Enquanto isso, a preocupação de muitos, principalmente do Presidente Jair Bolsonaro, é como a queda no fluxo de compras pode afetar a mercado e os pequenos empreendedores brasileiros. Para comentar este episódio, nosso analista político e consultor, Lucas Fernandes, recebe a especialista em orçamento fiscal e sócia da Advocacy Consultoria, Anna Lopes, e nosso consultor, Gabriel Borges. Na conversa, os convidados falaram sobre o “Orçamento de Guerra”, nome dado a uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) discutida no Congresso Nacional. O documento traz um conjunto de medidas econômicas emergenciais para a crise que o coronavírus começa a instaurar no Brasil e no mundo. Dentre as medidas, discute-se um empréstimo compulsório ao Governo de cerca de R$ 80 bilhões. Em relação às atividades parlamentares, o Senado e a Câmara começam a se adaptar às votações remotas para prosseguir com as pautas mais urgentes. Após anúncio presidencial na noite desta terça-feira (24), Bolsonaro enfrenta um isolamento político. Falta diálogo para a construção de medidas efetivas e sobra desentendimentos com os governadores dos estados, cenário que pode tornar a crise do coronavírus um divisor de relações políticas.

Coronavírus, Congresso Nacional, Economia e China

Coronavírus, Congresso Nacional, Economia e China

A primeira semana de quarentena do coronavírus, foi marcada pelo aumento de casos no país e o início de uma crise econômica. Neste episódio, nosso apresentador e analista político, Lucas Fernandes, recebe nosso sócio-fundador, Welber Barral, e nosso CEO, Wagner Parente, para comentarem o cenário político brasileiro com o avanço do COVID-19. Ainda, contamos com a participação da Gerente de Assuntos Externos da Unilever, Juliana Marra, e a Head de Advocay da Endeavor, Renata Mendes, contando de que forma as empresas estão agindo nesse período de pandemia do coronavírus. Enquanto o presidente Bolsonaro participava das manifestações do dia 15 de março, o Ministério da Saúde recomendava que a população evitasse aglomerações. Dentro do Congresso, vários parlamentares são confirmados com o vírus e as Casas (Câmara e Senado) começam a se preparar para mudanças nas atividades e funcionamento. A solução seria o uso do Sistema de Deliberação Remota (SDR), que permite debates entre os parlamentares com vídeo e áudio, e pode ser acessado pelo computador ou smartphone conectado à internet. Na economia, o Ministro Paulo Guedes se movimenta para anunciar medidas de contenção à crise causada pelo coronavírus. Na China, começam a surgir os primeiros sinais de superação. Na outra ponta, Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) dá declarações polêmicas em sua conta do Twitter e coloca as relações entre os países em maus lençóis.

Coronavírus, Circuit Breaker, Reformas e Eleições 2020

Coronavírus, Circuit Breaker, Reformas e Eleições 2020

Com a chegada do coronavírus no Brasil e o crescente número de casos, o Governo e a economia começam a sentir primeiros os impactos e efeitos da pandemia. Para comentar este panorama, nosso apresentador e consultor, Lucas Fernandes, recebe o nosso CEO Wagner Parente e nossos especialistas Monica Rodriguez e Dhiogo Pascarelli. A segunda semana de março se iniciou com a bolsa de valores tendo quedas que superaram 12% e os noticiários relatando mais e mais casos confirmados do Covid-19 no Brasil. O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, participou de uma sessão na Câmara dos Deputados, na tarde da última quinta-feira (12), para dar as primeiras orientações. No mesmo dia, o Secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, testou positivo para coronavírus após retornar de comitiva presidencial que visitou Donald Trump, nos EUA. Uma das preocupações é como o Governo Federal conseguirá alinhar medidas de combate com governadores estaduais, já que, até então, o presidente Bolsonaro não se mostrou atento à questão e deixando Mandetta sem força para articulações mais amplas. Além disso, os parlamentares pressionam para que as atividades no Congresso sejam pausadas até que a situação esteja mais controlada. Os efeitos da redução de importação e exportação com a China também poderão ser sentidos pelo consumidor final. Nossos especialistas explicam como a pouca chegada de produtos e a menor saída para venda podem afetar os setores de Bens de Consumo e Serviços. Com este cenário, as Reformas Tributária e Administrativa tendem a não ser prioridades, já que 2020 é ano de eleições municipais.https://bmj.com.br/wp-content/uploads/podcast/BMJ_corona_virus_53.mp3

BMJ Entrevista – Neri Geller

BMJ Entrevista – Neri Geller

Nesse episódio do BMJ Entrevista, nosso apresentador e analista político, Lucas Fernandes, acompanhado por nosso consultor especialista em Agronegócios, Matheus Andrade, entrevistam o deputado federal, Neri Geller (PP-MT), ex-ministro da Agricultura e Pecuária e ex-Secretário de Política Agrícola do Órgão e atual titular da Comissão de Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR- SUB). Um dos assuntos abordados no bate-papo foi a MP 897/2019, que recentemente foi aprovada pelo Senado Federal e aguarda sanção presidencial. Nosso convidado falou sobre as vantagens e melhorias que a medida trará para o produtor agrícola e para a agro industrialização do setor rural no país. Entre outros assuntos, também foram comentadas as melhorias feitas na BR-163 e como ela auxiliará no escoamento da safra no eixo arco norte, região brasileira de grande potencial logístico portuário, que liga os estados de Roraima, Amapá, Amazonas, Pará e Maranhão. Ainda, destacou as expectativas para o setor após a retirada do Funrural das exportações da Reforma da Previdência, assim como os esforços da Comissão para barrar qualquer tipo de tributação em exportações dentro da Reforma Tributária. Neri Geller também analisou o atual cenário político e as recentes manifestações on-line.

PSL, Orçamento Impositivo, Reforma Tributária e Super Tuesday

PSL, Orçamento Impositivo, Reforma Tributária e Super Tuesday

Em homenagem ao Dia das Mulheres, a BMJ preparou um episódio especial para celebrar a data. Com uma bancada 100% feminina, o programa contou com a apresentação da nossa consultora Mariana Lyrio e a participação das nossas especialistas Fernanda César, Gabriela Rosa e Verônica Prates. Na última quarta-feira (4), Rodrigo Maia acatou o pedido da ala bivarista do PSL, e suspendeu, por um ano, as atividades de deputados ligados ao Presidente Bolsonaro. Com isso, algumas mudanças são esperadas para os próximos dias. A deputada Joice Hasselmann (PSL/SP) deve substituir Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) da liderança do PSL, e o deputado Major Vitor Hugo (PSL/GO) deve deixar o cargo de líder do governo na Câmara. O Congresso Nacional decidiu manter o veto presidencial ao orçamento impositivo em sessão conjunta no dia 4 de março. Após o acordo inicial para derrubar o veto ser quebrado, o governo enviou três projetos de lei ao Congresso modificando o Orçamento, propondo R$ 20 bilhões em emendas do relator. Assim, um novo acordo foi firmado, mantendo o veto. Também na quarta-feira (4), ocorreu a primeira sessão da Comissão Mista da Reforma Tributária. O relator, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP/PB), apresentou o plano de trabalho da Comissão. A aprovação da Reforma em ambas as casas até o final do ano é improvável. Saindo do cenário nacional e abordando as eleições americanas, no dia 3 de março aconteceu a Super Tuesday, em que 14 estados americanos decidem qual o candidato democrata que irá enfrentar Donald Trump nas eleições para a presidência dos Estados Unidos. Ainda que nem todos os votos tenham sido validados até o fechamento desse episódio, o vice-presidente de Barack Obama, Joe Biden, lidera a votação, seguido por Bernie Sanders.

Highlights BMJ

Coronavírus, Bolsonaro, Medidas Econômicas e Votação Remota

Coronavírus, Bolsonaro, Medidas Econômicas e Votação Remota

A primeira semana de abril ficou marcada por vários eventos políticos e de âmbito mundial, a maioria em decorrência da pandemia mundial. Na quinta-feira (2), a universidade norte-americana Johns Hopkins divulgou um levantamento sobre os casos de COVID-19 no mundo contabilizando mais de 1 milhão de infectados. O que esses dados refletem no Brasil?
Neste episódio, Lucas Fernandes, apresentador e analista político, recebe nosso CEO, Wagner Parente, e nossos consultores, Gabriela Santana e Mauro Cazzaniga. No bate-papo, nossos especialistas falam sobre os principais assuntos da semana, incluindo o andamento das medidas econômicas para o enfrentamento ao coronavírus, como o “coronavoucher” e a Medida Provisória 927/2020, que dá diretrizes sobre as medidas trabalhistas que poderão ser adotadas pelos empregadores durante o período de calamidade pública, reconhecido por decreto no dia 20 de março. Ainda, nossos especialistas comentam o pronunciamento nacional do presidente Jair Bolsonaro desta semana, em que se percebeu uma mudança no discurso. Entretanto, o discurso entra em contradição com a prática. Em suas redes sociais, o presidente continua a compartilhar conteúdos que colocam em xeque as medidas de quarentena e seus efeitos econômicos. Também são comentadas as mudanças nas atividades parlamentares e nas votações das proposições, em decorrência da votação remota, os efeitos do último discurso do presidente e como o isolamento político pode afetar seu mandato.

Coronavírus, Orçamento de Guerra, Cenário Econômico e Relações Políticas

Coronavírus, Orçamento de Guerra, Cenário Econômico e Relações Políticas

Com a economia instável, a população brasileira se divide em seguir a vida normalmente ou aderir a uma quarentena mundial. Enquanto isso, a preocupação de muitos, principalmente do Presidente Jair Bolsonaro, é como a queda no fluxo de compras pode afetar a mercado e os pequenos empreendedores brasileiros. Para comentar este episódio, nosso analista político e consultor, Lucas Fernandes, recebe a especialista em orçamento fiscal e sócia da Advocacy Consultoria, Anna Lopes, e nosso consultor, Gabriel Borges. Na conversa, os convidados falaram sobre o “Orçamento de Guerra”, nome dado a uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) discutida no Congresso Nacional. O documento traz um conjunto de medidas econômicas emergenciais para a crise que o coronavírus começa a instaurar no Brasil e no mundo. Dentre as medidas, discute-se um empréstimo compulsório ao Governo de cerca de R$ 80 bilhões. Em relação às atividades parlamentares, o Senado e a Câmara começam a se adaptar às votações remotas para prosseguir com as pautas mais urgentes. Após anúncio presidencial na noite desta terça-feira (24), Bolsonaro enfrenta um isolamento político. Falta diálogo para a construção de medidas efetivas e sobra desentendimentos com os governadores dos estados, cenário que pode tornar a crise do coronavírus um divisor de relações políticas.

Coronavírus, Congresso Nacional, Economia e China

Coronavírus, Congresso Nacional, Economia e China

A primeira semana de quarentena do coronavírus, foi marcada pelo aumento de casos no país e o início de uma crise econômica. Neste episódio, nosso apresentador e analista político, Lucas Fernandes, recebe nosso sócio-fundador, Welber Barral, e nosso CEO, Wagner Parente, para comentarem o cenário político brasileiro com o avanço do COVID-19. Ainda, contamos com a participação da Gerente de Assuntos Externos da Unilever, Juliana Marra, e a Head de Advocay da Endeavor, Renata Mendes, contando de que forma as empresas estão agindo nesse período de pandemia do coronavírus. Enquanto o presidente Bolsonaro participava das manifestações do dia 15 de março, o Ministério da Saúde recomendava que a população evitasse aglomerações. Dentro do Congresso, vários parlamentares são confirmados com o vírus e as Casas (Câmara e Senado) começam a se preparar para mudanças nas atividades e funcionamento. A solução seria o uso do Sistema de Deliberação Remota (SDR), que permite debates entre os parlamentares com vídeo e áudio, e pode ser acessado pelo computador ou smartphone conectado à internet. Na economia, o Ministro Paulo Guedes se movimenta para anunciar medidas de contenção à crise causada pelo coronavírus. Na China, começam a surgir os primeiros sinais de superação. Na outra ponta, Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) dá declarações polêmicas em sua conta do Twitter e coloca as relações entre os países em maus lençóis.

Coronavírus, Circuit Breaker, Reformas e Eleições 2020

Coronavírus, Circuit Breaker, Reformas e Eleições 2020

Com a chegada do coronavírus no Brasil e o crescente número de casos, o Governo e a economia começam a sentir primeiros os impactos e efeitos da pandemia. Para comentar este panorama, nosso apresentador e consultor, Lucas Fernandes, recebe o nosso CEO Wagner Parente e nossos especialistas Monica Rodriguez e Dhiogo Pascarelli. A segunda semana de março se iniciou com a bolsa de valores tendo quedas que superaram 12% e os noticiários relatando mais e mais casos confirmados do Covid-19 no Brasil. O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, participou de uma sessão na Câmara dos Deputados, na tarde da última quinta-feira (12), para dar as primeiras orientações. No mesmo dia, o Secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, testou positivo para coronavírus após retornar de comitiva presidencial que visitou Donald Trump, nos EUA. Uma das preocupações é como o Governo Federal conseguirá alinhar medidas de combate com governadores estaduais, já que, até então, o presidente Bolsonaro não se mostrou atento à questão e deixando Mandetta sem força para articulações mais amplas. Além disso, os parlamentares pressionam para que as atividades no Congresso sejam pausadas até que a situação esteja mais controlada. Os efeitos da redução de importação e exportação com a China também poderão ser sentidos pelo consumidor final. Nossos especialistas explicam como a pouca chegada de produtos e a menor saída para venda podem afetar os setores de Bens de Consumo e Serviços. Com este cenário, as Reformas Tributária e Administrativa tendem a não ser prioridades, já que 2020 é ano de eleições municipais.https://bmj.com.br/wp-content/uploads/podcast/BMJ_corona_virus_53.mp3

BMJ Entrevista – Neri Geller

BMJ Entrevista – Neri Geller

Nesse episódio do BMJ Entrevista, nosso apresentador e analista político, Lucas Fernandes, acompanhado por nosso consultor especialista em Agronegócios, Matheus Andrade, entrevistam o deputado federal, Neri Geller (PP-MT), ex-ministro da Agricultura e Pecuária e ex-Secretário de Política Agrícola do Órgão e atual titular da Comissão de Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR- SUB). Um dos assuntos abordados no bate-papo foi a MP 897/2019, que recentemente foi aprovada pelo Senado Federal e aguarda sanção presidencial. Nosso convidado falou sobre as vantagens e melhorias que a medida trará para o produtor agrícola e para a agro industrialização do setor rural no país. Entre outros assuntos, também foram comentadas as melhorias feitas na BR-163 e como ela auxiliará no escoamento da safra no eixo arco norte, região brasileira de grande potencial logístico portuário, que liga os estados de Roraima, Amapá, Amazonas, Pará e Maranhão. Ainda, destacou as expectativas para o setor após a retirada do Funrural das exportações da Reforma da Previdência, assim como os esforços da Comissão para barrar qualquer tipo de tributação em exportações dentro da Reforma Tributária. Neri Geller também analisou o atual cenário político e as recentes manifestações on-line.

PSL, Orçamento Impositivo, Reforma Tributária e Super Tuesday

PSL, Orçamento Impositivo, Reforma Tributária e Super Tuesday

Em homenagem ao Dia das Mulheres, a BMJ preparou um episódio especial para celebrar a data. Com uma bancada 100% feminina, o programa contou com a apresentação da nossa consultora Mariana Lyrio e a participação das nossas especialistas Fernanda César, Gabriela Rosa e Verônica Prates. Na última quarta-feira (4), Rodrigo Maia acatou o pedido da ala bivarista do PSL, e suspendeu, por um ano, as atividades de deputados ligados ao Presidente Bolsonaro. Com isso, algumas mudanças são esperadas para os próximos dias. A deputada Joice Hasselmann (PSL/SP) deve substituir Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) da liderança do PSL, e o deputado Major Vitor Hugo (PSL/GO) deve deixar o cargo de líder do governo na Câmara. O Congresso Nacional decidiu manter o veto presidencial ao orçamento impositivo em sessão conjunta no dia 4 de março. Após o acordo inicial para derrubar o veto ser quebrado, o governo enviou três projetos de lei ao Congresso modificando o Orçamento, propondo R$ 20 bilhões em emendas do relator. Assim, um novo acordo foi firmado, mantendo o veto. Também na quarta-feira (4), ocorreu a primeira sessão da Comissão Mista da Reforma Tributária. O relator, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP/PB), apresentou o plano de trabalho da Comissão. A aprovação da Reforma em ambas as casas até o final do ano é improvável. Saindo do cenário nacional e abordando as eleições americanas, no dia 3 de março aconteceu a Super Tuesday, em que 14 estados americanos decidem qual o candidato democrata que irá enfrentar Donald Trump nas eleições para a presidência dos Estados Unidos. Ainda que nem todos os votos tenham sido validados até o fechamento desse episódio, o vice-presidente de Barack Obama, Joe Biden, lidera a votação, seguido por Bernie Sanders.