A necessidade de acordos comerciais que extrapolem o Mercosul

By 16 de maio de 2016No Comments

Desde a divulgação da reforma ministerial do governo interino de Michel Temer, ficou clara a intenção de fortalecimento das relações de comercio exterior como forma de estimular o desenvolvimento econômico, já que o Brasil vem passando um momento de recessão, o qual influencia na queda do consumo interno. Matheus Andrade, Consultor em Comércio Internacional da Barral M Jorge, concedeu entrevista ao site de notícias Comex do Brasil e afirmou que um dos preceitos chave para alavancar as relações comerciais internacionais é o investimento na flexibilização do acordo do Mercado Comum do Sul, o Mercosul.

De acordo com o consultor, o Brasil deve buscar acordos e oportunidades de acessos aos mercados dos países mais desenvolvidos e industrializados, mudando o foco Sul-Sul que esteve muito presente durantes os governos do Partido dos Trabalhadores (PT) e ao mesmo tempo deverá trabalhar por uma maior flexibilização do Mercosul nos processos de negociações de acordos internacionais.

Ainda segundo Andrade, os países do Mercosul são fortes alvos de exportação dos manufaturados brasileiros e por isso o Brasil não deve sair do bloco nesse momento, mas sim buscar espaço para diminuir as restrições a acordos com países fora do bloco. “Em outros momentos, a Argentina e o Uruguai já haviam manifestado interesse em realizar essa flexibilização, que com apoio brasileiro pode ocorrer de fato”, afirmou o consultor.

 

Leia a matéria completa no Comex do Brasil

 

 

Leave a Reply